Você sabe o que é Groundswell?

Você sabe o que é Groundswell?

Você sabe o que é Groundswell?

É um termo que surgiu após o lançamento do livro Fenômenos Sociais nos Negócios, lançado em 2009, e que une três forças muito atuantes: as pessoas, a tecnologia e as finanças. Groundswell que acabou por ser tornar um movimento surgiu de maneira espontânea, através das pessoas que em suas relações estão cada vez mais se conectando de maneira online.

Em um dos meus textos sobre conexão e clusterização já cheguei a mencionar a nova maneira em que estamos vivendo, o Viver em Rede e Viver da Rede, do filósofo Augusto, que aborda aspectos muito semelhantes ao movimento Groundswell. Ambos por conta da tecnologia e das novas formas de interação entre as pessoas são movimentos irreversíveis e muito importantes que darão o “rumo” para as novas relações que vamos formar, alterando completamente a maneira em que nos relacionamos com os outros.

Vamos entender então como se dá esse movimento? Imagine você, que provavelmente passa maior parte do seu dia conectado, e que agora assume o poder das suas relações, podendo através do uso da tecnologia se conectar a qualquer pessoa no momento que desejar, percebe que até o momento temos duas das forças agindo? Você, ou seja, pessoas, utilizando a internet, ou seja, a tecnologia, para interagir.

A terceira força surge de outra maneira, mas tem total participação neste novo movimento, sendo ela a grande “estrela” do movimento, pois agora as interações quanto mais acontecem mais geram tráfego e a partir deste novo momento este tráfego equivale a dinheiro. Vivemos um mundo em rede, conectado, e quanto mais nos conectarmos de maneira correta com nosso público-alvo mais geramos tráfego e consequentemente mais pessoas nos acompanham e maiores são as possibilidades de gerarmos novos negócios.

Como dizem os autores do livro que citei no início deste artigo “essas três tendências – o desejo das pessoas de se conectar, as novas tecnologias interativas e os fatores financeiros on-line – acabaram criando uma nova era”. Ou seja, este movimento tem alterado as relações e cada vez mais irá alterar também os negócios, que agora conectam pessoas, através de diversos softwares, com o objetivo de gerar tráfego, que equivale a dinheiro, então preste mais atenção com as conexões que você vem fazendo, porque elas podem sim te trazer alguma vantagem financeira. E não esqueça que na vida tudo é uma troca, continue comigo que semanalmente temos novidades. Obrigada!

 

Ana Bárbara Dias

  • Eder Siegel

    Então, Prof. Ana Bárbara,
    Isso me fez lembrar, por exemplo, dos princípios da economia compartilhada, em que as qualificações das partes conta muito para o sucesso do negócio. Sou um entusiasta das facilidades geradas pela tecnologia. Acredito que o sucesso de grandes ideias como AirBnB, Uber e IFood se devem, em grande parte, aos relatos das experiências de consumo de outros usuários. E com certeza as opiniões de pessoas mais próximas pertencentes ao nosso network são muito mais relevantes nesse caso. O que vem a envolver os três pilares do groundswell citados: as pessoas (interação/informação), a tecnologia (meio) e as finanças (que é o valor percebido pelo cliente e onde ocorre efetivamente a troca).