Planejar é preciso, mas…

Planejar é preciso, mas…

Planejar é preciso, mas…

Sim é necessário, porém nada adianta planejar e não gerar nenhuma ação. E com o planejamento de marketing é a mesma coisa, é preciso planejar as ações de marketing da empresa, sejam elas voltadas para a empresa, ou para um produto, o planejamento guiará as ações que devem ser executadas para o alcance dos objetivos de cada etapa.

Já dizia Kotler, elabore seu planejamento de marketing e deixe sua empresa menos vulnerável à imprevistos. E o pai do marketing tem toda razão, pois com toda essa disrupção mercadológica que estamos vivendo é necessário planejar cada passo, de cada ação, para que os imprevistos consigam também ser pensados caso ocorram.

Las Casas, autor renomado no mundo do marketing reitera também que: “as principais informações de um plano de marketing são aquelas que se referem ao mercado, aos consumidores, aos programas de marketing e à alocação dos investimentos necessários”.

E é neste ponto que chego no assunto da semana, muito importante planejar, gerar ações para que se alcance o objetivo almejado, porém tenho visto diversas empresas e marcas que elaboram seu planejamento de marketing de maneira exemplar, mas esquecem de analisar o mercado e principalmente os consumidores, que devem ser foco de todo o plano de marketing.

Sempre que inicio um plano de marketing, seja ele digital ou não, foco no ambiente de marketing, que é parte essencial da estratégia e do planejamento, pois conhecendo o ambiente de marketing você conhecerá tão bem todos os envolvidos com sua empresa e marca, que se tornará fácil e mais assertiva todas as suas estratégias de marketing contempladas no plano.

O ambiente de marketing é composto por três ambientes, o macro, que contém o olhar externo da empresa, como: setor demográfico, econômico, tecnológico, o micro, em que são contemplados clientes, concorrentes, intermediários, fornecedores e stakeholders, e o ambiente interno, que para mim é o primeiro a fazer parte do plano, participando e sendo parte, pois no ambiente interno são contemplados os funcionários, que são seus primeiros clientes.

Pense sempre no seu planejamento em permitir que sua equipe de colaboradores participe, opine e possam contribuir efetivamente, pois são eles que estarão na ponta, em contato direto com seu consumidor, pois como cita Simon Sinek criador do círculo dourado (https://www.youtube.com/watch?v=h8hUECLFVuw) , as pessoas não comprar o que você faz, elas compram o porquê você faz, e nada melhor que ter funcionários que sejam embaixadores da marca para que estes conquistem clientes para sua empresa.

Realize trocas, torne sua marca ubíqua, e tenha embaixadores da sua marca, semana que vem conversamos mais sobre! Obrigada.

Ana Bárbara Dias