O foco está no H2H

O foco está no H2H

O foco está no H2H

Muito já se ouviu falar em B2B e B2C não é mesmo? Mas você já ouviu falar em H2H? Antes de entrarmos no assunto desta semana, quero voltar um pouquinho nos conceitos de B2B e B2C, você sabe a diferença?

Os dois termos são termos bem antigos já usados a bastante tempo no mundo dos negócios e no mundo do marketing, B2B é o termo utilizado para nomear negócios de empresa para empresa, ou seja, é a venda entre empresas, e B2C é o termo que nomeia negócios de empresa para consumidor final, ou melhor dizendo, a venda para consumo.

Na venda B2B o cliente é outra empresa, e a compra pode ser para consumo da empresa, para revenda, ou para insumo da cadeia produtiva que a empresa atua. E no B2C como o foco está no consumidor final, pessoa física as operações são as tradicionais de varejo. E no H2H?

Esta é a nova tendência que surge no mundo dos negócios, e nós do marketing somos peça fundamental para a aplicação desta nova forma de fazer negócios, que vem junto com tantas outras mudanças, que surgem com a tal disrupções mercadológica, ou como gosto de chamar disrutmkt, tema que abordo no meu e-book aqui no blog.

Mas voltando a esta nova percepção que diz respeito à humanos que fazem negócios com humanos, em que ambos têm sentimentos, que querem fazer parte, e sentirem-se parte, precisamos voltar a refletir sobre estas revoluções que surgem com o novo mundo 4.0, na qual o foco central volta-se para o cliente que é alguém que quer se sentir importante para a marca, produto ou serviço que consome.

O termo surge em um momento muito importante no mercado, no qual todos buscam a diferenciação para que possam ser escolhidos e consumidos, é então que precisamos quebrar o paradigma da formalidade e impessoalidade nos negócios, e assim fazer com que nossas empresas estejam cada dia mais próximas dos seus clientes.

E é através do surgimento desta nova tendência que nós do marketing precisamos repensar nossas estratégias de marketing, e a maneira em que as empresas que fazemos parte estão se relacionando com seus clientes.

Precisamos fazer com que entendam que quanto mais próximos dos clientes finais, mais diferenciação terão, e assim mais posicionados estarão, pois como sempre falo, na vida e no marketing tudo é uma troca, e quanto mais conseguirmos trocar, mais conheceremos com quem trocamos, e assim mais H2H faremos.

Continue semanalmente comigo, aqui pelo blog ou pelas minhas redes sociais. Obrigada!

Ana Bárbara Dias