Marketing e Inovação

Marketing e Inovação

Marketing e Inovação

 

Você já pensou em como a sua empresa tem lidado com essas duas funções? Sabia que segundo Peter Drucker uma empresa só tem essas duas funções. Parece estranho né, e você deve estar agora pensando que isso é impossível, pois toda empresa precisa de um financeiro, e outros setores, mas calma que vou tentar te mostrar que Drucker tem razão.

Quando pensamos em inovação precisamos pensar em um tripé composto por pessoas, novas soluções e testes, pessoas que trazem novas soluções, que testam elas e que contribuem para este processo inovador, ou seja, inovar deve ser algo simples, algo que melhore os processos da empresa, e ao mesmo tempo algo complexo, pois envolve risco, mas pense comigo, a empresa que não arriscar conseguirá construir um futuro? Todos os grandes líderes e empresas que se destacam atualmente arriscaram, e arriscam o tempo todo.

Podemos pensar na Coca-Cola por exemplo: que em seu primeiro ano de existência vendeu pouquíssimo, e que nos dias de hoje lança uma propaganda falando “essa Fanta é Coca”, ela, é um exemplo clássico de que inovar é preciso. Posso ficar aqui contando diversos exemplos, como o da NetFlix, que inovou por ter ficado muito incomodado com uma situação vivida com a blockbuster, que cobrou um valor absurdo pelo esquecimento da entrega de uma fita de vídeo, foi então que o criador da NetFlix inovou e criou um software para que as pessoas pudessem baixar filmes e compartilhá-los.

Enfim acho que você já percebeu como inovar é um dos pilares da empresa e reflete em todos os outros setores dela, é uma função essencial, pois sem inovação não se cria novos mercados e automaticamente deixa-se um consumidor a desejar. Chegamos então a outra função da empresa que o Drucker citou ser a outra função existente.

Vamos pensar o seguinte, marketing é ação de mercado, ação este que visa troca entre mercado e consumidor, e toda empresa para fazer parte de um mercado precisa gerar essa ação de troca, pois sem clientes a empresa não existe, se ela não existe por não ter consumidores ela automaticamente não tem nenhum setor, entendeu a lógica do Drucker? Sendo assim ele tinha razão, só existem dois setores na empresa, que são marketing e inovação, e a pergunta que fica é: como são estes setores na sua empresa?

Obrigada e continue comigo semanalmente que esse assunto vai longe, e não esqueça que na vida tudo é uma troca!

 

Ana Bárbara Dias