Insira na sua marca um propósito

Insira na sua marca um propósito

Insira na sua marca um propósito

Muito tem se falado em propósito nos últimos tempos, não é? Então, essa semana quero conversar com você sobre esse assunto, que inclusive a Forbes, maior revista de negócio do mundo escreveu sobre. Afinal o que propósito tem a ver com marketing? Tudo, tendo em vista que o marketing é um processo de troca entre mercado e consumidor e para que esse processo ocorra é necessário que a empresa deixe muito claro seu propósito, ainda mais com os consumidores atuais, que estão preocupados com o papel da empresa em relação ao mundo.

Quando se fala em propósito no marketing, se fala em marketing sem fins lucrativos, do qual o objetivo central é propagar a missão da empresa, conquistar consumidores de uma maneira mais profunda, não apenas fazendo com que este consuma, mas que também propague o produto ou serviço. O objetivo central do marketing sem fins lucrativos e angariar pessoas que acreditam e tenham o mesmo propósito que a empresa. As ONG’s, Organizações sem Fins Lucrativos, já fazem esse tipo de marketing desde a sua existência, pois, por não terem um produto tangível para ser vendido precisam conquistar consumidores através da sua missão, do seu trabalho em relação ao mundo, em relação ao outro, demonstrando o benefício central da organização, mas e como fazer isso em uma empresa que venda algum produto?

Para responder a esta questão vou citar uma marca muito conhecida por todos, a Apple, marca fundada por Steve Jobs, que antes de pretender vender algo tem como propósito facilitar a vida das pessoas através do uso da tecnologia, e para isso desenvolveu diversos produtos, sempre com o objetivo de vender sonhos, convertendo assim consumidores em evangelistas, ou seja, pessoas que fazem apologia para a marca de maneira espontânea. Jobs também citava que o foco deveria ser na experiência, assunto que já conversamos em outro artigo e que é muito importante quando se esta em busca de encontrar um propósito e conseguir propagar ele para o nosso cliente.

Sendo assim para que você consiga encontrar um propósito que seja disseminado pelo seu consumidor, venda sonhos, transcenda, gere experiências incríveis que se tornem singulares, o foco da sua empresa deve estar 100% na solução que seu produto oferece e não no seu produto, um exemplo simples, você quer vender uma cama, ou uma experiência incrível de relaxamento? Se questione sobre a sua marca e sobre o seu produto, e quando eu falo em relação à marca, lembre, para que ela encontre seu propósito é necessário além de um conhecimento amplo em relação ao seu público alvo é preciso também que a marca seja humanizada, que o público se identifique com ela, como se ela fosse uma pessoa.

Precisamos de mais experiências e menos produtos, de mais sonhos, de mais soluções para que consigamos evangelizar, gerar consumidores que transcendam e que façam apologia espontânea e de preferência o tempo inteiro de nossas marcas e produtos, pense nisso, e não se esqueça que na vida tudo é uma troca. Continue acompanhando semanalmente, e não esquece de me seguir nas redes sociais, meu inta @anabarbara.dias e minha fan @navidatudoeumatroca Obrigada!

Ana Bárbara Dias