E afinal, qual é o futuro do marketing?

E afinal, qual é o futuro do marketing?

E afinal, qual é o futuro do marketing?

Essa semana vamos conversar sobre quais são as tendências do novo marketing que surge, do marketing conectado, com foco profundo no cliente, com foco nas experiências dos clientes conectados, e das empresas conectadas as experiências dos clientes. Quais são as grandes tendências que começamos a viver? Temos algumas surgindo muito forte, além de ter o foco na experiência, e nas conexões como já tenho falado com vocês, do marketing 4.0, do marketing de empatia que também tem foco nas experiências dos clientes, o futuro é contextual.

Quando eu digo essa frase o futuro do marketing é contextual quer dizer que temos que colocar o cliente dentro do contexto, o contexto faz parte de tudo, é o que os consumidores querem, é o que o novo ambiente trás, o que vai direcionar as ações dos clientes. O foco não é mais na publicidade, e sim no contexto que faz com que o consumidor alinhe seus propósitos, por exemplo quando vamos consumir algo olhamos para o produto e contextualizamos para o nosso momento, para nossas conexões, contextualizamos com as experiências de outros, e voltamos mais uma vez então ao foco que não é mais no produto e sim na solução que ele irá trazer.

O marketing precisa olhar para a contextualização, pois um serviço ou produto pode ser pra mim diferente do que é para você, um dos outros focos que vem muito forte e que já é trabalhado desde do inicio do marketing do século XXI com o marketing 3.0, é o marketing sem fins lucrativos, temos a força na missão, no propósito, na causa, qual é o objetivo central? Não queremos vender produtos ou serviços, queremos propagar uma missão, para depois vender. O foco agora é a orientação nas causas, nos propósitos, qual é o propósito que se tem em relação ao consumidor, e qual o propósito do consumidor em relação a empresa.

Temos agora uma abordagem integrada dos envolvidos, dos consumidores, temos também a automação de marketing que vem como um dos futuros do marketing, pois precisamos ampliar nossos conhecimentos sobre a automação de marketing, vamos voltar a conversar sobre a automação, que é um tema muito complexo que começou a ser estudado agora. Não podemos deixar de pensar na automação, pois precisamos aumentar esses processos para irmos além dos muros da empresa, para integrarmos muitos canais, fontes de dados, aplicações, de uma forma automática e integrada.

Precisamos prestar mais atenção quando falamos do marketing 4.0, do digital, das conexões, desenvolvendo assim ainda mais a inteligência artificial, e com ela vem os chatbots. Quem são os chatbots? Eles são o atendimento robô, o robô que nos atende, é o futuro do marketing, são as experiências conectadas, é uma forma prática de melhorar o relacionamento entre o cliente e a empresa, tornando o cliente mais engajado, e mais próximo da empresa. O chatbot é um robô que te atende, você liga e conversa com o robô para facilitar o seu processo.

A inteligência artificial precisa ser mais pensada, precisamos pensar mais nos chatbots, na automação, no marketing sem fins lucrativos e na contextualização, esse é o foco. Contextualize, viva o mundo do seu consumidor, entenda o que acontece no mundo dele, para que o seu produto caia como uma luva para esse cliente, crie experiência positiva, pois ela posiciona, e não esquece que na vida tudo é uma troca. Continue acompanhando minhas redes sociais, meu Instragram é @anabarbara.dias e minha fanpage @navidatudoeumatroca. Obrigada!

Ana Bárbara Dias